• Espacio iberoamericano del conocimiento 
    enviado por Jacob (J.) Lumier el 24 de junio de 2009

    Divulgação Científica = Em relação à divulgação científica, há como se sabe uma orientação que visa não só a possibilidade de acesso e a aquisição da informação, mas pretende promover a formação do cidadão, no sentido de que ele possa ter opiniões e uma visão crítica de todo o processo envolvido na produção do conhecimento científico com sua circulação.

    O espaço iberoamericano do conhecimento pode dar lugar a esta orientação.

    = Ao longo do século vinte, devido à acentuação do vínculo que enlaça o conhecimento aos quadros sociais, tornou-se extremamente difícil esperar, no caso das ciências humanas e sociais, que o público não-profissional acolha a distinção metodológica entre (a) as proposições testáveis ou "formulações irrealistas" dos sociólogos científicos, feitas "no interesse da boa teoria científica" - como o postulado do comportamento que se conforma aos papéis sociais - por um lado e, por outro, (b) as afirmações de valor sobre a natureza do homem, que sejam atribuídas como decorrentes ou implícitas naquelas proposições teoréticas.

    = Os postulados deliberadamente irrealísticos de uma teoria (conjectural) científica implicam uma divergência fundamental do mundo do senso comum que está no cerne da "contradição" entre esse "mundo do senso comum" e a ciência. Esta, por sua vez, ao mesmo tempo em que acolhe a inadequação de um argumento puramente lógico - a lógica da pesquisa científica sendo especificamente baseada na incerteza fundamental do conhecimento humano - não é possível sem a publicidade .

    = Daí as duas orientações complementares: (a) - se é o caráter profissional que se impõe ao público da ciência, há compreensão da distinção sutil entre as afirmações entendidas em modo realista (ingênuo) e os postulados deliberadamente irrealísticos. Então, a classe do conhecimento científico prevalece na comunicação ou divulgação. (b)- Se, pelo contrário, é o caráter não-profissional que se impõe há "não-compreensão", e a classe do conhecimento do senso comum prevalece, com a atribuição de uma imagem sobre a "natureza do homem" sendo afirmada em um "falso saber".

    ***

Visitas: 82

Respuestas a esta discusión

Hola, socióloga Nora Espinel, de RedDolac: gracias por tu valoración de mi Post "Comentário Sociológico...". Hay trabajos mios sobre la sociología del Conocimiento en la Web de OEI que podrás disponer si tiene utilidad para ti. Puedes contar con mi contribuición.
Saludos cordiales de Jacob J. Lumier

RSS

NOS AUSPICIAN

INSTITUTO RedDOLAC

Sostenibilidad de RedDOLAC

ANUNCIE CON NOSOTROS

Anuncie sus Congresos o servicios Educativos en RedDOLAC

Consúltenos al correo: reddolac@gmail.com

NOS AUSPICIAN

ANUNCIOS

Consulte el proceso para tramitar su constancia de ser miembro de RedDOLAC al correo: reddolac@gmail.com

Se aclara que no es obligatorio tramitar constancia para ser miembro de RedDOLAC.

Contáctenos

Dónale a RedDOLAC

Apoyemos para que RedDOLAC siga en línea
(más información aquí)

DONAR

RedDOLAC

Organizaciones

Canal de audio RedDOLAC

Su constancia de RedDOLAC

Gracias por su visita

IBSN

© 2019   Creado por Henry Chero V..   Tecnología de

Emblemas  |  Reportar un problema  |  Términos de servicio